Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

Acesso à tecnologia para salvar vidas humanas

A operadora de telefonia móvel mcel-Moçambique Celular renovou esta quinta-feira, 28 de Julho, em Maputo, o memorando de entendimento com o Ministério da Saúde (MISAU) e a Iniciativa Clinton para o Acesso à Saúde (CHAI), visando a melhoria da capacidade de diagnóstico, rastreamento e tratamento de doenças de alta carga, bem como o aumento do acesso à informação sobre os cuidados de saúde e educação por parte dos trabalhadores do sector da saúde e dos pacientes.
Através deste acordo, a mcel vai continuar a disponibilizar a sua tecnologia GPRS, de forma gratuita, para permitir que os resultados laboratoriais de teste de HIV/SIDA e outras doenças sejam enviados de forma célere aos pacientes, o que irá, deste modo, concorrer para a melhoria dos serviços de saúde.
O uso desta tecnologia contribuiu para a celeridade na entrega dos resultados a partir dos laboratórios de referência para os centros de saúde utilizando a rede da mcel, permitindo a monitoria das tecnologias simplificadas de diagnóstico, da cadeia de provisão, dos programas e seus indicadores, bem como a comunicação entre os clínicos e pacientes.
De acordo com o vice-ministro da Saúde, Mouzinho Saíde, desde a introdução desta tecnologia, 94 por cento das amostras processadas pelas unidades sanitárias são enviadas para o diagnóstico precoce e tratamento das crianças infectadas pelo HIV/SIDA.
Para Mouzinho Saíde, o uso desta tecnologia trouxe melhorias na informação prestada aos utentes e aos trabalhadores do sector da saúde. Por exemplo, “antes levava-se 15 dias para providenciar a informação ao doente. Hoje o tempo reduziu para menos de uma hora”.
Já o presidente do Conselho de Administração da mcel, Teodato Hunguana, referindo-se ao objecto desta parceria, disse que o mesmo visa salvar vidas humanas e melhorar os serviços de saúde, em particular no que diz respeito ao HIV/SIDA, de forma a garantir uma melhor qualidade de vida da população em Moçambique.
“Este serviço tem contribuído, de forma significativa, para a redução da mortalidade infantil, através da transmissão dos resultados das análises provenientes de aldeias remotas de forma célere por isso, colocamos o nosso negócio também à disposição e serviço da nossa sociedade, na esperança de juntos vencermos os tamanhos desafios a que estamos expostos”, disse Teodato Hunguana.
Por sua vez, a representante da Iniciativa Clinton para o Acesso à Saúde (CHAI) em Moçambique, Lise Ellyin, realçou a importância do uso da tecnologia disponibilizada pela mcel na “melhoria do diagnóstico e tratamento de doenças, principalmente no seio das crianças, que são o nosso foco”.
Importa realçar que o primeiro memorando de entendimento foi assinado em 2010, tendo sido renovado em 2014, sendo que, ao longo destes anos, a transmissão de dados, usando a rede mcel, tem beneficiado vários programas do Ministério da Saúde, com destaque para o diagnóstico do HIV/SIDA em crianças, monitorização da terapia anti-retroviral e o diagnóstico da tuberculose.
Actualmente, 1077 unidades sanitárias em todo o País são abrangidas por este serviço e desde o início do projecto mais de 300 mil resultados de HIV/SIDA foram transmitidos através desta plataforma, com impacto na qualidade do diagnóstico laboratorial e na redução do tempo de espera para o início do tratamento para HIV/SIDA e tuberculose.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 1 de Agosto de 2016 by in Moçambique.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: