Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

CTA e Governo revêem Política e Estratégia Industrial

Foi lançado esta quinta-feira, 12 de Junho, na cidade de Maputo, o projecto de revisão e elaboração da Política e Estratégia Industrial, um processo que tem como objectivo fazer face aos desafios impostos pela descoberta e início de exploração de recursos naturais no País.

Esta revisão surge da necessidade do aperfeiçoamento dos sistemas de produção por meio de tecnologias e processos que utilizem os recursos de maneira mais eficiente, pois só assim é que se pode alcançar a competitividade empresarial no País.

Por isso, o processo de revisão deste instrumento, elaborado pelo Governo em parceria com a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), irá incluir a identificação dos pilares fundamentais nos quais estará assente a acção do Governo e do Sector Privado durante a sua implementação.

Para a CTA, representada pelo presidente do Pelouro da Indústria, Mubarak Abdul Razak, o projecto de revisão da Política e Estratégia Industrial surge para fazer frente à crescente procura de bens e serviços, incluindo produtos manufacturados, resultante da descoberta de recursos naturais.

"Acreditamos que as acções estratégicas que forem recomendadas contribuirão para o crescimento da indústria nacional, um sector que, pela sua natureza, transforma as matérias-primas e gera produtos variados, acrescentando-lhes valor económico bem como assegurando a sua colocação nos mercados domésticos e de exportações, que são cada vez mais exigentes".

Por sua vez, o ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga, considerou que a revisão da Política e Estratégia Industrial se deve às exigências do mercado e à necessidade da criação de um mecanismo de fomento industrial, cuja inexistência se traduz no difícil acesso e alto custo de financiamento no País e na falta de definição de produtos ou cadeias de valor prioritários.

"A revisão da Política e Estratégia Industrial é uma prioridade, pois irá adoptar medidas arrojadas e coordenadas ao nível do Governo para garantir a criação de emprego, fortalecimento da cadeia de valor e promoção de uma economia que assegure a substituição das importações", disse.

Com este processo, segundo o ministro da Indústria e Comércio, pretende-se também que o sector industrial deixe de ser o dinamizador da actividade económica e passe a ser transformador da estrutura económica do País.

Importa referir que, em 2012, a indústria, em Moçambique, ocupou a terceira posição depois da agricultura e dos transportes, com uma contribuição no Produto Interno Bruto de 11% e empregando cerca de 6% da mão-de-obra activa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 12 de Junho de 2014 by in Moçambique.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: