Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

Ministro da energia visita Central Térmica de Ressano Garcia.

A maior central térmica do País, com capacidade para produzir 150 megawats a partir do gás natural, poderá entrar em funcionamento já em Maio próximo, conforme garantiu, sexta-feira última, o Ministro da Energia, no decurso da sua visita àquele empreendimento localizado na Vila de Ressano Garcia, no Distrito da Moamba, Província de Maputo.
“Estamos seguros em relação a este projecto que, pelos contratos já assinados pelos donos do projecto e pelos empreiteiros e fornecedores de equipamentos, em Maio do próximo ano, estará a produzir energia”, assegurou Salvador Namburete, aquando da visita no âmbito do acompanhamento às actividades do Governo, no que concerne à implementação de projectos de geração de energia.
Orçada em 250 milhões de dólares norte-americanos, a nova Central Térmica de Ressano Garcia constitui uma parceria entre a Electricidade de Moçambique (EDM), detentora de 51% e o grupo sul-africano Sasol New Energy com 49%.
Este projecto, conforme sublinhou o governante, visa “aumentar a capacidade de fornecimento de energia eléctrica ao País para fazer face à crescente procura, que já supera a nossa capacidade de oferta, cujo défice está acima dos 100 megawats, particularmente na região Sul, uma vez que o projecto da espinha dorsal ainda não está implementado para trazer energia produzida na região do Zambeze”.
A Central Térmica de Ressano Garcia vai comportar 18 grupos geradores a gás natural, contudo, conforme explicou o Ministro da Energia, apenas 16 grupos geradores estarão em permanente funcionamento, ficando os restantes reservados para casos de avaria ou manutenção.
“É um bom projecto em termos de negócio e para o desenvolvimento de Moçambique, devendo igualmente contribuir para a transformação da Vila de Ressano Garcia, pois esta vai deixar de receber energia de fraca qualidade proveniente da África do Sul”, frisou Salvador Namburete, enaltecendo o facto de o projecto empregar, nesta fase de construção, 192 trabalhadores, dos quais 93 foram recrutados localmente”. Para o Presidente do Conselho de Administração da EDM, Augusto de Sousa Fernando, este projecto vai adicionar 150 megawats de energia ao País, o que representa cerca de 20% do consumo total.
“Neste momento, o País está com um consumo de cerca de 700 megawats e um défice de 100, quantidade que temos estado a importar da África do Sul”, explicou Augusto de Sousa, acrescentando que “com uma central desta dimensão vamos reduzir a importação de energia eléctrica, o que vai contribuir na qualidade ao injectar mais energia na nossa rede”.
Os 150 megawats a serem produzidos pela Central Térmica de Ressano Garcia, segundo indicou o Presidente do Conselho de Administração da EDM, serão direccionados para o consumo nacional, garantindo, deste modo, a implementação dos programas de electrificação da Empresa, que detém uma carteira de acima de um milhão de clientes, para além de disponibilizar energia para os projectos industriais em carteira.
“Esta central está situada numa zona estratégica, a ligação vai efectuar-se a partir da linha de transporte que sai de Komatipoort na África do Sul para Maputo, subindo até Massinga, na Província de Inhambane, e vai permitir que seja libertada a energia de Cahora Bassa que é trazida via África do Sul para o fornecimento ao Norte do País”, finalizou Augusto de Sousa.
De referir que, a nova central térmica será abastecida com gás natural produzido nos campos de Pande e Temane, na Província de Inhambane.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 5 de Agosto de 2013 by in Uncategorized.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: