Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

Etíópia vem até Moçambique

Uma delegação multissectorial, composta por quatro elementos do Ministério da Comunicação, Informação e Tecnologia e autoridades aduaneiras da Etiópia, esteve esta semana de visita ao nosso País, para se inspirar na experiência moçambicana, visando a implementação do sistema da Janela Única Electrónica (JUE) naquele país africano.
A delegação etíope, liderada pelo chefe da equipa da Direcção do Governo Electrónico do Ministério da Comunicação, Informação e Tecnologia, Messay Moreda, foi recebida pelo presidente da Autoridade Tributária de Moçambique, Rosário Fernandes, acompanhado pelo director-geral das Alfândegas de Moçambique, Guilherme Mambo, entre outros quadros seniores da instituição e da equipa de implementação da Janela Única Electrónica em Moçambique.
No encontro, o director-geral das Alfândegas de Moçambique fez a apresentação do projecto, que já se encontra em funcionamento em todos os terminais e fronteiras aduaneiros do país responsáveis por 80% da colecta de receita aduaneira do país.
A-propósito da visita, Félix Massangaie, Coordenador do projecto da JUE, disse que a delegação da Etiópia vinha “colher a nossa experiência sobre a implementação do sistema electrónico de desembaraço célere de mercadorias”.
“Tiveram o privilégio de visitar o Centro de Operações e Dados, incluindo um dos principais portos do País, a fronteira de Ressano Garcia onde o projecto está a ser implementado e acreditamos que eles ficaram satisfeitos com o que viram”, frisou Félix Massangaie, acrescentando que “estamos prontos para ajudá-los, naquilo que for possível para a implementação do projecto na Etiópia, pois nós avançamos com uma das boas práticas aduaneiras que é a informatização do processo aduaneiro”.
Por sua vez, Messay Moreda considerou que “a partir das apresentações feitas, nós pudemos perceber que a Janela Única Electrónica representa um enorme esforço do Governo moçambicano, para resolver os problemas através das tecnologias de informação”.
“Percebemos também que, para a introdução deste projecto, o Governo moçambicano trabalhou em parceria com o sector privado para aliviar os constrangimentos financeiros e a própria gestão do processo de mudança no País e estas foram apenas algumas das constatações que pudemos observar”, referiu Messay Moreda, ajuntando que “de toda a experiência que nos foi partilhada, nós aprendemos bastante sobre como ultrapassar as inúmeras barreiras, sobre o aumento substancial na colecta de receitas para o Estado e o elevado grau de satisfação dos «stakeholders» sobre o projecto”.
Refira-se que delegações de vários países africanos, nomeadamente Malawi, Gabão, Botswana e Namíbia já visitaram igualmente o nosso País, para se inteirar da implementação do sistema da Janela Única Electrónica, com vista a replicá-lo nos seus países.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 24 de Julho de 2013 by in Uncategorized.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: