Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

Arranca projecto para erradicar fungo do milho e do amendoim

O Milho e o amendoim de Moçambique contêm elevados índices de contaminação por aflatoxina, revelam estudos realizados pelo Instituto Internacional da Agricultura Tropical (ITTA), em parceria com instituições académicas e Ministério da Agricultura. Na segunda-feira, o ITTA procedeu ao lançamento do pro-jecto de controlo biológico para mitigar os efeitos negativos daquele fungo, que terá a duração de quatro anos e apoio financeiro do departamento da Agri-cultura dos Estados Unidos da América, orçado em 1,6 milhões de dólares. "A aflatoxina tem impacto negativo no comércio. Aqui, por exemplo, existem asso-ciações de produtores que fazem exportação do amendoim para a União Europeia, onde o mercado é altamente regrado. E o que acontece, muitas vezes, é o produto ser rejeitado, e isso é uma grande perda para os pequenos agricultores e exportadores", disse à Lusa João Augusto, coordenador do projecto. Segundo o responsável, o controlo sobre incidência deste fungo já produziu "resultados positivos" nos Estados Unidos da América e pretende-se replicar a experiência em Moçambique.

In Sistema de Informação de Mercados (ESOKO)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 17 de Abril de 2013 by in Uncategorized.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: