Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

África terá crescimento forte e precisa agir contra pobreza

O crescimento económico da África Subsaariana deve acelerar para mais de 5 por cento nos próximos três anos, superando em muito a mé-dia mundial, mas a região precisa fazer mais para converter isso em redução da pobreza, afirmou o Banco Mundial nesta segunda-feira. No seu mais recente relatório Africa’s Pulse, que analisa as perspectivas para a região, o banco viu a alta dos investimentos, os preços elevados de commodities e a retomada na economia global provocando esse salto de crescimento no continente mais pobre do mundo. O fluxo de Inves-timento Estrangeiro Direto (IED) para a África Subsaariana está previsto para aumentar a níveis recordes a cada ano durante os próximos três anos, chegando a 54 bilhões de dólares até 2015. Isso comparado a 37,7 bilhões de dólares em 2012, um aumento de 5,5 por cento num ano em que os fluxos de IED para os países em desenvolvimento caíram, em média, 6,6 por cento, acrescentou o relatório. O Banco Mundial, um credor multilateral sediado em Washington, previu que o crescimento na África Subsaariana seria de 4,9, 5,1 e 5,2 por cento para 2013, 2014 e 2015, respectivamente.

In Sietema de Informação de Mercados (ESOKO)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 17 de Abril de 2013 by in Uncategorized.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: