Olá Moçambique

ocupar o tempo com o que se passa em Moçambique

Vale tira carvão e repõe flora em Moçambique

A companhia brasileira Vale investiu recentemente na produção de mais de 90 mil mudas de plantas, visando repor as espécies nativas dos locais onde esta mineradora está a explorar carvão mineral.

A companhia brasileira Vale investiu recentemente na produção de mais de 90 mil mudas de plantas, visando repor as espécies nativas dos locais onde esta mineradora está a explorar carvão mineral.

A maioria das 90 mil mudas de plantas é de espécies nativas de Moatize, local onde esta companhia explora jazidas de carvão mineral desde Agosto de 2011. A iniciativa enquadra-se no programa de gestão ambiental da empresa.

Segundo um comunicado de imprensa da Vale, as plantas fazem parte de um levantamento detalhado realizado em 2007, considerando o impacto da actividade de mineração e sobre as quais a empresa se compromete a revegetar e recuperar as áreas mineradas.

"Nessa época, foi realizado um levantamento detalhado da flora e fito-sociologia existente, estimando-se o volume de madeira das formações naturais na área de implantação da mina, tendo sido identificadas e marcadas as árvores que seriam preservadas para possibilitar a manutenção da biodiversidade local e preparar a futura reabilitação das espécies nativas", indica o comunicado.

O responsável pela gestão do viveiro da Vale, Maurício Simbine, disse que a empresa tem uma equipa que se dedica a colecta de sementes e posterior armazenamento. Essa semente é posteriormente usada para a multiplicação das mudas.

O viveiro iniciou as suas actividades em 2010 e dedica-se a recolha e armazenamento de sementes de espécies nativas de Moatize, estando a maior parte a ser utilizada para a revegetação e recuperação das áreas que foram utilizadas na fase de implantação do projecto.

Paralelamente, cerca de 6 mil mudas foram já doadas às comunidades, escolas, instituições do Governo local e ao público em geral de Moatize e da vizinha cidade de Tete, com o objectivo de incentivar ao plantio de árvores na região, contribuindo para a preservação da flora de Tete.

"A primeira avaliação é positiva porque eles têm aderido, têm solicitado mudas e temos feito acompanhamento em instruir sobre as técnicas de plantio e os cuidados que se tem de dar às plantas", disse Simbine.

Por outro lado, para preservar a fauna local, a Vale tem apoiado as actividades de limpeza das áreas do projecto, afugentando aos animais para lugares seguros e resgatando aqueles que apresentam dificuldades de mobilidade.

Para além disso, o programa de gestão ambiental inclui ainda a monitorização da fauna aquática e terrestre, do ar e dos recursos hídricos, para verificar o seu comportamento com a implantação e operação da mina.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 24 de Janeiro de 2013 by in Uncategorized.

Navegação

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 1.934 outros seguidores

Arquivos

Olá Moçambique

%d bloggers like this: